Arrow

Últimas Notícias

Estudante de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, quer ir morar em Marte. Ele é um dos 100 mil inscritos no projeto.

Estudante de Ribeirao Preto, interior de Sao Paulo, quer ir morar em Marte. Ele é um dos 100 mil inscritos no projeto.


Um sonho diferente, uma vontade incomum. Para alguns amigos, ele é louco. Os familiares tentam entender. O estudante de engenharia mecânica Elieser da Silva quer viver em Marte. Morando em Ribeirão Preto (SP) e com família em Santa Rosa de Viterbo (SP), o jovem de 20 anos é um dos 100 mil inscritos no projeto da empresa holandesa Mars One, que busca voluntários que desejem uma viagem só de ida ao planeta vermelho em 2022.
A iniciativa, sem fins lucrativos, foi lançada em abril deste ano. Qualquer pessoa com mais de 18 anos e com inglês fluente ainda pode se candidatar. Após a inscrição, os aspirantes a astronautas passarão por uma triagem feita pela Mars One. No total, 24 pessoas de qualquer parte do mundo farão parte do projeto.
Silva está tão confiante na empreitada que passa o dia inteiro no computador tentando aprender tudo sobre o planeta vermelho. "A ideia de morar em Marte surgiu de pesquisas que fiz. Cheguei à conclusão de que nós somos limitados. Devemos evoluir diariamente. Uma forma de o ser humano evoluir é expandir. Por isso, sou um dos candidatos. Se for selecionado, irei com certeza", comentou o jovem.
O estudante leva na brincadeira a opinião dos conhecidos sobre a ideia inusitada. Amigos e familiares falam que é utopia. Ele garante que não liga. "Teve um amigo meu que falou que eu precisava procurar um auxílio médico porque eu não estava normal. Não é todo dia que a gente fala algo assim. Mas acho que todo astronauta não é muito normal mesmo", brincou.
Sobre a possível ida a Marte, Silva garante que está preparado, apesar de saber da dificuldade que enfrentará. "Espero dar o meu melhor se eu for para lá. São 100 mil inscrições para 24 vagas. Imagino que seja muito difícil, sofrido, mas vai ser proveitoso", disse.


Torcedor fanático do Santos, ele lamenta apenas a possibilidade de ter que se afastar do alvinegro praiano caso seja um dos selecionados. "Não vou ver mais o Santos ganhar do Corinthians, mas o amor pelo Peixe vai junto", concluiu.

Projeto

A seleção dos candidatos será feita com base no currículo, carta de intenção e vídeo enviado pelo candidato. Na segunda fase, os candidatos devem apresentar atestado médico e físico e se encontrarão com comitês regionais da missão para entrevistas. Em seguida, cada país votará em um candidato e restarão 24 voluntários, que serão devidamente treinados. Até agora, o site do projeto confirma ter recebido inscrições de mais de 120 países, incluindo Brasil, EUA, China, Rússia, México, Canadá, Colômbia, Argentina e Índia.



Os escolhidos serão divididos em seis viagens só de ida, com quatro passageiros cada, entre 2022 a 2024. A primeira partida está prevista para o segundo semestre de 2022, e chegará ao planeta sete meses depois, já em 2023. A organização aposta na realização de um reality show, em que serão exibidos os treinamentos para viagem, para angariar recursos e financiar boa parte da missão.



Estudante de Ribeirao Preto, interior de Sao Paulo, quer ir morar em Marte. Ele e um dos 100 mil inscritos no projeto.


Fonte: G1

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas