Arrow

Últimas Notícias

Ex-psiquiatra do Exército americano é condenado a pena de morte.

Ex-psiquiatra do Exército americano é condenado a pena de morte.

Um tribunal militar dos Estados Unidos condenou, nesta quarta-feira, à pena de morte o ex-psiquiatra do Exército norte-americano Nidal Hasan, autor confesso da morte de 13 pessoas na base militar de Fort Hood, no Texas, em 2009.

Na semana passada, Hasan foi considerado culpado das 45 acusações resultantes do tiroteio que também feriu 32 pessoas, naquele que foi o maior ataque mortal numa base militar na história dos Estados Unidos.
A decisão foi aprovada por unanimidade por um júri militar de 13 membros, sendo que bastava uma opinião discordante para poupar Hasan da pena de morte, condenando-o à prisão perpétua.

O acusado recusou aconselhamento jurídico e assumiu a própria defesa num julgamento que durou 22 dias, nunca se dirigindo ao tribunal, não tendo convocado testemunhas de defesa nem feito alegações finais.
O tribunal interrogou mais de uma centena de testemunhas, incluindo sobreviventes do tiroteio, que descreveram como Hasan começou a disparar contra os soldados, que estavam nas instalações de Fort Hood a preparar-se para partir para o Afeganistão, enquanto gritava "Alá é grande".

Depois de disparar mais de 200 tiros e causar um massacre histórico, Hasan foi dominado por outros militares.
Apelidado de "lobo solitário" da al-Qaeda, tendo mantido contatos com figuras do topo da rede terrorista, Hasan reconheceu por diversas vezes ter matado 13 pessoas e ferido outras dezenas em Fort Hood a 5 de novembro de 2009, mas o código militar impedia de negociar uma pena em que considerava-o culpado.

O acusado, que se preparava para partir para o Afeganistão antes do tiroteio, já tinha afirmado que cometeu o massacre para defender os seus irmãos muçulmanos contra uma guerra "ilegal" neste país.

A última execução militar nos Estados Unidos foi em 1961 e apenas cinco soldados encontram-se no corredor da morte da cadeia militar de Fort Leavenworth, no Kansas, sem data para a sua execução.

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas