Arrow

Últimas Notícias

Papa anuncia novo secretário de Estado do Vaticano.

Papa anuncia novo secretário de Estado do Vaticano.

Cidade do Vaticano – O atual núncio apostólico na Venezuela, arcebispo Pietro Parolin, foi nomeado pelo papa Francisco para a  Secretaria de Estado do Vaticano, em substituição ao cardeal Tarcisio Bertone. A notícia foi anunciada oficialmente na manhã de hoje (31) pela Santa Sé. Segundo o comunicado, o papa pediu a Bertone que permaneça no cargo até 15 de outubro, dia em que Francisco agradecerá publicamente, em audiência com toda a Cúria Romana, os serviços prestados pelo cardeal e apresentará Parolin a seus colaboradores.
Parolin nasceu em Schiavon, norte da Itália, há 58 anos. De família simples, ficou órfão de pai aos 10 anos. Aos 14, ingressou no seminário, estudou direito canônico em Roma, foi ordenado sacerdote em 1980 e iniciou carreira diplomática na Santa Sé em 1986. Foi representante do Vaticano na Nigéria e no México. Em 2002, foi chamado novamente a Roma e nomeado vice-secretário da Seção para as Relações com os Estados, colaborando com os cardeais Angelo Sodano e Tarcisio Bertone. Dom Pietro cuidou das relações com países asiáticos, como o Vietnã e a China até 2009, quando Bento XVI o nomeou para a Nunciatura de Caracas.
A nomeação do atual núncio apostólico na Venezuela marca o retorno à Secretaria de Estado do Vaticano de um diplomata de formação. Dom Pietro fala italiano, inglês, francês e espanhol.
Após a notícia de sua nomeação, dom Pietro agradeceu, em Caracas, a confiança do papa e manifestou total disponibilidade para colaborar com ele. Ele disse que sabe da responsabilidade da missão "empenhativa e exigente" que recebeu e que, embora suas forças sejam frágeis e pobres as suas capacidades, confia na misericórdia de Deus, na oração e na ajuda dos outros para desempenhar a tarefa.
Também hoje o papa confirmou nos respectivos cargos dom Giovanni Angelo Becciu, substituto para as Questões Gerais, dom Dominique Mamberti, secretário para as Relações com os Estados, dom Georg Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia, monsenhor Peter Wells, assessor para as Questões Gerais, e monsenhor Antoine Camilleri, subsecretário para as Relações com os Estados.
Fonte: Agência Brasil

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas