Arrow

Últimas Notícias

A farsa dos jogos lotéricos. Esquema financeiro para lavagem de dinheiro sujo! Isso é pirâmide financeira!

A farsa dos jogos lotéricos. Esquema financeiro para lavagem de dinheiro sujo! Isso é pirâmide financeira!


   "Foram constatados que em algumas loterias, bandidos estavam trocando dinheiro por bilhetes premiados. Parece que alguns ganhadores de loteria seja simplesmente um jeito de lavar dinheiro.
   Um relatório apresentado ao senado, aponta 75 sortudos habituais. Um trio deles por exemplo, acertou 525 vezes. As investigações conselho de atividades financeiras - COAF - começaram a oito anos. O senador tucano Álvaro Dias teve acesso aos documentos da investigação sigilosa, e com base neles, denuncia o suposto esquema de compra de bilhetes premiados. Ainda, segundo o senador, a movimentação de dinheiro chegaria a 32 milhões de reais. 
   No esquema denunciado pelo senador, os bandidos contariam com ajuda de funcionários da caixa econômica federal e donos de lotéricas. Eles pagavam os prêmios aos apostadores sorteados usando o dinheiro sujo, e retinham os bilhetes sorteados. Esse bilhetes seriam entregues aos bandidos, que se apresentavam como os verdadeiros ganhadores. Sacavam os prêmios, e o dinheiro sujo poderiam ser legalmente declarado a receita federal. Alguns casos chamaram a atenção: Três irmãos se apresentaram como ganhadores de 525 prêmios de loterias diferentes, num total de três milhões e oitocentos mil reais. Pai e filho levaram 330 prêmios, que renderam mais de um milhão e oitocentos mil reais. Outros três irmãos teriam sido sorteados 148 vezes e levaram para casa oitocentos e vinte mil reais.
   Em nota a caixa econômica federal disse que cumpre rigorosamente as determinações do COAF, e que o descredenciamento de lotéricas envolvidas em irregularidades reduziu as ocorrências nos últimos quatro anos.
   Repórter Júlio Mosqueira - "O senador Álvaro Dias, apresentou um pedido para que o tribunal de contas da união faça auditorias nas loterias da caixa e quer criar uma lei determinando que o ganhador que for sacar mais de dez prêmios ao mesmo tempo, só leve o dinheiro, se não tiver antecedentes criminais."
   Senador Álvaro Dias - PSDB - PR - "Nós estamos pedindo também, quando há ocorrência de vários prêmios para a mesma pessoa, que a caixa econômica realize uma auditoria interna, para verificar a razão disso."
   Repórter Júlio Mosqueira - "Sorte em excesso, faz lembrar o caso do ex-deputado federal João Alves, que renunciou ao mandato em 1994. Ele foi acusado de ser um dos líderes da marcha do orçamento, que desviou dinheiro público. João Alves também usou as loterias para lavar dinheiro. Com apostas milionárias, as vezes maiores que o prêmio, ganhou mais de duzentas vezes. Morto em 2004, João Alves, nunca foi preso. Apresentava-se como um homem ajudado pelo céus."
   João Alves - Arquivo JG - 23/10/1993 - "Eu ganho quase toda semana! Eles ficam me criticando. Eu digo que é Deus que me ajuda, e é Deus mesmo que me ajuda!"

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas