Arrow

Últimas Notícias

Investigaram a TelexFREE, não encontraram nada de errado, só que o ministério público não tem coragem de admitir, diz locutor do Pará

Investigaram a TelexFREE, não encontraram nada de errado, só que o ministério público não tem coragem de admitir, diz locutor do Pará



   "Meus cumprimentos mais uma vez à você divulgador TelexFREE. A grande família TelexFREE. É uma grande alegria está com vocês nessa oportunidade, após algumas informações que foram à nós chegando, e apesar de ver inúmeras informações contraditórias divulgadas por aí, mais uma vez, tomamos a iniciativa de colocar algumas informações pertinentes ao interesse da família TelexFREE.
     Em primeiro lugar, vamos colocar algumas ponderações em pauta. O tempo tem mostrado que o estado do Acre está totalmente desacreditado na esfera federal. Se existe um estado que realmente está exalando corrupção, com toda certeza é o estado do Acre. E muitas vezes temos passado sinal errado. Damos a entender que nos queremos a todo custo, que se desenrole a nossa situação, porque outras pessoas também estão em situação enrolada e coisa dessa natureza, e o marketing desse está indo em vento e popa e o nosso está sendo questionado. Não caio nesse mérito! Em primeiro lugar, tudo que foi até hoje pedido à TelexFREE, Tudo que já foi solicitado para nossa empresa, os nossos representantes, diga-se de passagem, que me representa e te representa, de forma magistral, foram apresentados. Nós, como o nosso próprio diretor já tem dito em "n" oportunidades, somos a favor terminantemente, daquilo que a justiça determina. O problema é que a justiça em alguns aspectos está um tanto debilitada. Nós temos visto isso no estado do Acre. Então os nossos divulgadores estão entrando na linha do desespero. Divulgadores da família TelexFREE, se vocês estão preocupados com as finanças, todos nós estamos... Se vocês estão com termo de compromisso que tinham assumido mediante a certeza que o salário viria, e as contas estão chegando e você não sebe como agir... Todos estamos dessa forma. Pelo menos a grande maioria. Agora a questão é a seguinte: Estamos descontes com quem? É importante que fique bem claro! Muitas vezes nos estressamos no nosso local de trabalho e chegamos em casa, nosso adorável filho, a esposa ou a família, sei lá, pai e mãe, que não tem absolutamente nada a ver com o nosso dia de trabalho, nós já chegamos e descarregamos tudo neles. E lá no trabalho, aquele que nos desaforou, aquele que nos faltou com respeito, nós respiramos e nos resignamos e seguimos o dia. É justamente isso que está acontecendo. Muitos de nós pela falta de conhecimento, estamos tomando essa decisão errada, de muitas vezes canalizar todo esse furor para a empresa que tão graciosamente nos representa. Vamos fazer a coisa certa! E qual é a coisa certa? Em primeiro lugar. Não temos escolha no momento, a não ser esperar e confiar. Mas como confiar? Gente, eu não conheço nosso diretor, levando em consideração que eu moro no extremo do extremo oeste, é quase remota ou nula, mas ele está lá, nos representando. Poderia muito bem ter fechado a malinha dele e pego um avião para o exterior. Mas, não o fez! É uma pessoa acertada, que está fazendo tudo que lhe cabe, pra poder representar de todas as formas, do melhor jeito possível a nossa empresa.
   O que acontece? O ministério público não tem o que fazer! Não tem o que falar para desabonar a empresa TelexFREE. Tanto é que o marketing é pauta de estudo em universidades conceituadas como Harvard nos estados unidos. Em se tratando do Brasil, é essa vergonha, que infelizmente vivemos. A questão em pauta, queridos, é que na verdade quando mexeram com empresa, acreditaram piamente que encontrariam falcatruas. Mas foram feitas, uma, duas, três investigações e assim por diante, e não encontram nada! Só que o ego do ministério público, não é tão necessariamente aceitável, ao ponto que ele possa admitir: Não encontramos nada! Segue a vida!"

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas