Arrow

Últimas Notícias

Blackdever é a terceira empresa bloqueada por suspeita de pirâmide financeira no país.



Depois da Telexfree e da BBom, é a vez da Blackdever ser bloqueada. A empresa não é tão famosa como as outras duas companhias, porém, já figurava como a nova promessa do marketing multinível no país.

A empresa, que estava no alvo da força-tarefa formada por promotores e procuradores para combater pirâmides financeiras, teve sua funcionalidade paralisada depois de ser notificada pelo Ministério Público de Minas Gerais.

A equipe de combate a esquemas Ponzi investiga mais de 30 empresas do setor de marketing multinível suspeitas de fraude e de crime contra a economia popular.

Em seu site, a Blackdever disse que o bloqueio foi acatado pela empresa depois de receber uma recomendação do Ministério Público de Minas Gerais.

A informação ainda não foi confirmada pela Promotoria de Defesa do Consumidor desse Estado nem pela Associação dos Ministérios Públicos do Consumidor (MPCON).

A Blackdever afirma ter mais de 33 mil pessoas cadastradas. A empresa nasceu na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, em abril de 2013.

O negócio que ela oferece não é bem claro, porém, a companhia afirma que dispõe de diversas vantagens exclusivas para pessoas que se tornarem associadas. A empresa oferece uma espécie de cartão onde o usuário acumula pontos para trocar por produtos.

Na internet, a Blackdever se autodenomina de “banco milionário” e promete retorno financeiro rápido e com um alto percentual. Além do acumulo de pontos, a empresa afirma ter uma loja virtual que dá aos seus usuários descontos de até 70% no valor das compras.
Fonte: A Gazeta

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas